Dúvidas? Fale conosco! (21) 2456-1856 / 4042-3366

GERAR LANÇAMENTOS FINANCEIROS

Última atualização: 23 de novembro de 2020
Você está aqui:
Tempo estimado de leitura: 2 min

Olá, hoje vou mostrar como gerar lançamentos financeiros que não sejam lançados através do pedido de vendas e nem da importação de notas de compra de fornecedores!!

Gerar Lançamentos Financeiros

Financeiro > Gerar Lançamentos Financeiros

 

Gerar Lançamentos Financeiros

Gerar Lançamentos Financeiros – aqui é possível lançar transações de contas a pagar ou receber que não possuam entrada de NFe

Exemplo de lançamentos interessantes de fazer por aqui:

A Pagar:

– Aluguel – você já pode lançar os vencimentos do ano inteiro para não cair no esquecimento, geralmente possui valor e data fixos
– Conta de energia/ telefone/ água – apesar de ser uma conta que chega todo mês, porém com valor diferente a cada mês, se no início do ano já for lançado os vencimentos do ano inteiro, ele funciona como um lembrete mês a mês e conforme as contas forem chegando você apenas edita o valor – evitando assim que esse pagamento seja esquecido caso a conta não chegue

A Receber:

-Vales feitos para funcionários – uma maneira fácil e prática de manter o controle de vales fornecidos para funcionários

Esses são só alguns exemplos, você pode utilizar da maneira que atender melhor suas necessidades do dia-a-dia

Abaixo vou colocar um exemplo com passo a passo de cada modalidade:

Gerando a conta de luz para o ano inteiro:

Gerar Lançamentos Financeiros

Gerar Lançamentos Financeiros

  1. Escolha se é um título a pagar ou receber
  2. Escolha a data da 1ª emissão (e marque se vai ser a mesma para todas as parcelas, ou se vai mudar de acordo com a periodicidade)
  3. Coloque a data do 1º vencimento
  4. Coloque o nº de parcelas
  5. Coloque a periodicidade entre as parcelas – (Ex: 30 dias – irá criar parcelas a cada 30 dias – 15/11- 15/12 etc)
  6. Inclua a pessoa/fornecedor para o qual você deve ou irá receber esses títulos
  7. Escolha a Classe Financeira
  8. Documento Base – geralmente é um número que vem no boleto – o sistema exige que alguma informação seja colocada nesse campo para dar seguimento, caso não exista você pode criar um padrão para lançamentos desse tipo, e pode editar para o real quando o boleto chegar ou manter o padrão
  9. Escolha se a sequência do Documento base será definida por letra, número (ex: LUZ 1, LUZ 2, …/ LUZ A, LUZ B,…) ou seria uma sequência (ex: 1,2,3…)
  10. Nº de Nota Fiscal, caso exista, caso contrário pode deixar em branco
  11. Tipo de Documento – escolha o que melhor se aplica
  12. Conta Cobrança – aqui você já pode deixar pré-definido em qual conta vai gerar o lançamento de débito/crédito
  13. Você pode escolher o valor individual de cada parcela, ou um montante total no qual o sistema irá dividir em parcelas para você (Ex: um valor total de R$100,00 em 10x você pode marcar “Valor total das parcelas” e o próprio sistema cria as parcelas de R$10,00 para você, ou você pode marcar “Valor de cada parcela” e inserir R$10,00
  14. Campo observação caso deseje registrar alguma informação

 

 

Depois de todos os campos preenchidos vá no botão Montar Parcelas          Montar Parcelas

 

Conferência de Parcelas

Confira as parcelas e faça ajustes se necessário nos campos ao lado

 

Depois use o botão Gravar          Gravar

 

Pronto, você pode conferir seus lançamentos no Contas a Pagar:

Contas a Pagar do Gerar Lançamentos Financeiros

Contas a Pagar do Gerar Lançamentos Financeiros

Agora um exemplo de um Contas a Receber:

Gerar Títulos a Receber

Gerar Títulos a Receber

E da mesma forma é possível consultar no Financeiro do sistema estes lançamentos, que estarão no Contas a Receber, a cada pagamento você vai dando baixa e assim fica mais fácil de controlar pendências financeiras!!

Contas a Receber

 

Assim fica muito mais fácil controlar a vida financeira da sua empresa, gerenciando as entradas e saídas!!

Esse artigo foi útil?
Descurtir 0
Visualizações: 14
Ir ao Topo